28/03/2017

Resenha: Confie em mim, eu sou o Dr. Ozzy

Nenhum comentário:


Título:
Confie em mim, eu sou o Dr. Ozzy
Autor: Ozzy Osbourne
Editora: Benvirá
Páginas: 264
Onde comprar: Submarino / Saraiva
Sinopse: Pelas leis naturais, Ozzy Osbourne não deveria estar vivo. Ele passou 40 anos usando drogas, ‘comendo’ morcegos e bebendo. Quebrou o pescoço ao andar em um quadrículo a oito quilômetros por hora e 'morreu' duas vezes em comas induzido quimicamente. E agora - aos 62 anos de idade - ele está mais saudável e mais feliz do que nunca. Ele é um milagre da medicina! Então, quem melhor do que ele para oferecer conselhos médicos e palavras de conforto ao seu público? Em maio de 2010 o Sunday Times convidou o 'Dr.' Ozzy para ter uma coluna de aconselhamento. Desde então, ele responde às perguntas que vão desde depressão do cão a dúvidas de adolescentes sobre sexo. Com sensibilidade até então desconhecida pelo público, Ozzy oferece sábios conselhos, entre eles o de se manter longe das drogas – assunto que ele domina. A coluna se tornou um fenômeno, e agora o Dr. Ozzy decidiu reunir todos os seus conselhos em um guia prático. O lema de Ozzy é que se pode sobreviver e desfrutar de uma vida feliz e saudável.

26/03/2017

How I Met Your Mother, The Naked Man e a manutenção do estereótipo de vadia

3 comentários:


Eu tenho muitas coisas boas a falar sobre How I Met Your Mother, mas pouquíssimas para reclamar. Só que as que eu tenho para reclamar são bem sérias. Por exemplo: no episódio ''The Naked Man'' Marshall, quem costuma ser sempre o mais gentil e correto do grupo, chama Robin de vadia. Por que?

24/03/2017

Temporada de Romances de Época: Os Bridgertons

8 comentários:


Oi leitores queridos!

Em comemoração ao iminente Encontro de Fãs de Romances de Época da Arqueiro decidi fazer posts para nos deixar no clima. Vai ser assim: vou falar um pouco sobre cada série de RE dessa editora puro amor e fazer resenhas especiais dos lançamentos do ano que já li (se não der tempo de fazer até o dia do encontro, Abril todo será usado para isso). Vamos rever nossas histórias já amadas e ficar ansiosos pelas próximas? 

22/03/2017

Cinema: A Bela e a Fera - Live Action

8 comentários:


Original: Beauty and the beast
Diretor: Bill Condon
Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans, Ian McKellen, Emma Thompson
Duração: 129min

Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera (Dan Stevens) e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade dele. No castelo, ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa amaldiçoado por uma bruxa quando era mais novo e que todos no castelo precisam quebrar o feitiço para voltar a serem humanos.

20/03/2017

Resenha: Rock Star

Nenhum comentário:
Título: Rock Star
Autor(a): S.C. Stephens
Editora: Valentina
Páginas: 512
Ele é intenso, complicado e perigoso. Ele é demais! O único lugar onde Kellan Kyle sempre se sentiu em casa foi no centro de um palco. Tocando guitarra num bar escuro, ele consegue esquecer o passado doloroso. Nos últimos tempos a sua vida se resume em três coisas: música, seus companheiros de banda e intensos encontros sexuais. Até que uma mulher muda tudo... Kiera é o tipo de garota que Kellan jamais deveria desejar -- ela é inteligente, doce, e também a namorada do seu melhor amigo. Convencido de que nunca conseguirá merecer o amor dela, ele esconde a sua crescente atração... até que o coração atormentado de Kiera oferece a Kellan algumas pistas de que os sentimentos dele podem ser correspondidos. Agora, não importam as consequências, Kellan tem uma certeza: não vai deixar Kiera escapar sem lutar por ela. Em Intenso Demais, Kiera contou sua história. Agora é a sua vez ouvir a versão pela boca do “rock star” sexy que cativou fãs do mundo inteiro.
Sempre tive bastante curiosidade para conhecer a trilogia Rock Star lançada pela Valentina nesses últimos anos. Li algumas resenhas e por se tratar de um new adult e ter uma banda de rock envolvida eu acreditei que a minha identificação com a história seria imediata, mas infelizmente o que aconteceu de verdade ao longo da leitura de Rock Star (a história do primeiro livro contada sob a perspectiva de Kellan) foi uma Silviane inconformada.


Sim, é um triangulo amoro antes que eu tenha que dizer qualquer coisa sobre a história. E sim, é meloso. E na maior parte do tempo chato. Por se tratar de personagens com +20 anos eu achei que a maturidade deles seria muito maior que o foi mostrado pela autora. Principalmente se tratando do narrador, que passou por tanta coisa ao longo da vida e obviamente precisou amadurecer mais cedo para lidar com tantos problemas da vida. Mas o que temos é um homem de 21 anos, vocalista de uma banda de rock e que usa de sua boa aparência para se dar bem com as mulheres até conhecer aquela que ele acaba eventualmente se apaixonando e ai ele fica um bobão a ponto de aceitar as coisas mais absurdas em nome de "amor" que ele sente. E sim, isso significa que eu não gostei de Kellan Kyle como a maioria das leitoras gostam. Além de tudo isso que eu falei ele ainda tem atitudes machistas quando fazia questão de chamar Kiera de piranha e vagabunda (e eu não to defendendo ela, pois realmente achei a atitude dela durante o livro ridícula mas já já falo sobre isso) quando ela o magoava de alguma forma. Eu sei que leitura pode trazer várias interpretações para as leituras, mas então eu to expressando a minha diante das atitudes dele.


14/03/2017

Lançamento Suma de Letras: A Rainha de Tearling

4 comentários:
Lançamento de Fevereiro da Suma de Letras 

Olá gente, a Editora Suma de Letras lançou mês passado o primeiro volume da trilogia Tearling de Erika Johansen. O terceiro livro da trilogia já foi lançado fora daqui e inclusive já está sendo adaptado uma versão para as telonas, e a protagonista será ninguém menos que nossa querida Emma Watson! As filmagens começaram no primeiro semestre de 2015 e ainda não tem data de lançamento. 
David Hayman será o produtor da série e os direitos de adaptação serão da Warner Bros. Além disso Mark L. Smith está cotado para escrever e Emma será a produtora executiva do filme, 



Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono - mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear - uma joia de imenso poder -, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.


Pode chamar este livro de Jogos vorazes dos tronos. A história de Erika Johansen é uma mistura de fantasia medieval e distopia... Uma aventura divertida e viciante. - USA

O que acharam? Ansiosos para a leitura e para ver Emma atuando?! ;D
Deixe seu comentário se conhece o livro e o que acha dele, para quem não conhece segue lista de onde você pode comprar: 



Beijinhos ;*





13/03/2017

Sorteio: Aniversário do Literaleitura! (4 Kits com livros e brindes)

2 comentários:
  Olá queridos, 

    Março é um mês muito especial para nós, pois comemoramos 3 anos do blog Literaleitura...como o tempo passa não é mesmo?


    Assim, para comemorar mais uma ano e agradecer a vocês que nos acompanham diariamente, organizamos um super sorteio com a colaboração de diversos blogs amigos, editoras e autores parceiros...então aproveitem, pois a festa é de vocês!

11/03/2017

Resenha: Magônia

Nenhum comentário:


Título:
Magônia
Autor: Maria Dahvana Hadley
Editora: Galera Record
Páginas: 308 páginas
Onde comprar: Amazon
Sinopse: Uma fantasia original com ótimos personagens, complexidade emocional e um universo fantástico. Aza Ray nasceu com uma estranha doença incurável que faz com que o ato de respirar se torne mais difícil. Aos médicos só resta prescrever medicamentos fortes na esperança de mantê-la viva. Quando Aza vê um misterioso navio no céu, sua família acredita que são alucinações provocadas pelos efeitos do medicamento. Mas ela sabe que não está vendo coisas, escutou alguém chamar seu nome lá de cima, nas nuvens, onde existe uma terra mágica de navios voadores e onde Aza não é mais a frágil garota enferma. Em ''Magônia'', ela não só pode respirar como cantar. Suas canções têm poderes transformadores e, através delas, Aza pode mudar o mundo abaixo das nuvens. Em uma brilhante e sensível estreia no gênero young adult, Maria Dahvana Headley constrói uma fantasia rica em nuances e cheia de simbolismo.

"Magônia", livro de Maria Dahvana Hadley, narra a história de Aza Ray, uma jovem que desde bebê possui inexplicáveis problemas de saúde, motivo pelo qual sempre esteve preparada para o momento de sua morte. Prestes a completar 16 anos, uma pena surge em seu pulmão, e ela sabe que este é o sinal que a morte está próxima. Aza Ray não imaginava, contudo, que a morte seria tão viva. Em um navio voador, tripulado por seres que misturam características de pássaros e humanos, ela finalmente pode respirar e ser quem nasceu para ser. Porém, nem tudo parece tão maravilhoso para ela.